sábado, 7 de janeiro de 2017

Reentrando na crista do momento revolucionário.













O mundo é tudo. Ele nos leva, e nos sustenta. Com ele evoluímos como humanidade em direção ao futuro. Mas, porém, o mundo também não entendemos. Um mundo louco e sem limites, em que pouco é muito, e tudo é nada. E pensando nisso tudo, podemos perguntar: "O que realmente é revolução"? Pois se o amor é algo absoluto e perfeito, o que temos pela dualidade do mundo é imperfeito. E na verdade, o que poderia realmente mudar isso? Com certeza a resposta seria uma revolução que mudaria tudo mesmo. E nesse novo milênio, esse é o maior mito que a humanidade já inventou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário